Cooperativismo investe na formação de aprendizes

14 de fevereiro de 2011
Por

Na próxima quarta-feira (16/2), o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de São Paulo (Sescoop-SP) assinará convênio com o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) com o objetivo de ampliar a oferta do programa de formação de aprendizes para as cooperativas. Com três anos de atuação, o programa “Aprendiz Cooperativo” atende 289 jovens, contemplando nove cidades do interior paulista. O convênio permitirá ao Sescoop-SP a ampliação do alcance do programa a todo interior paulista, graças a capilaridade do CIEE.

Segundo Maria Ester Duarte P. Rechi, gestora do programa do Sescoop-SP, o convênio possibilitará o pronto atendimento da demanda represada. Assim que firmado, cooperativas que atuam em 15 municípios paulistas vão contratar mais 71 aprendizes no programa Aprendiz Legal, do CIEE, que beneficia adolescentes e jovens com idade entre 14 e 24 anos que, pela primeira vez, ingressam no mercado de trabalho, agora pela porta de uma cooperativa

“Diariamente as cooperativas procuram o Sescoop-SP interessadas no programa, já que manter jovens em início de carreira em seus quadros é uma condição estabelecida por lei. Para realizar esse trabalho em todo o estado, como estamos fazendo com o CIEE, seriam necessários investimentos em infraestrutura e pessoal em diversas localidades, o que levaria tempo e vultosas quantias”, explica ela.

O “Aprendiz Cooperativo” foi desenvolvido conforme a Lei da Aprendizagem Profissional. Consiste na formação prática e teórica, com o objetivo de promover a inserção do jovem no mercado de trabalho formal, oferecendo a ele ao mesmo tempo a possibilidade da colocação profissional e da qualificação. Estão enquadradas na Lei da Aprendizagem as cooperativas que têm no mínimo sete funcionários em regime CLT e que tiveram movimentação financeira maior que R$ 2,4 milhões no ano anterior.

Enquanto faz o curso profissionalizante, o jovem aprendiz pratica a teoria, oferecida pelo CIEE, na rotina administrativa de uma cooperativa.  Para a jornada de seis horas diárias, o jovem contará com registro em carteira, salário mínimo hora, FGTS e vale – transporte.

Para a implantação do convênio, o Sescoop-SP se responsabiliza pela formação do quadro de instrutores do CIEE, que vão oferecer a doutrina cooperativista aos jovens que participarão do “Aprendiz Cooperativo”. Assim, além da qualificação oferecida por meio do Programa Aprendiz Legal, o jovem cumprirá o módulo de 64 horas sobre cooperativismo. O programa tem duração de 12 a 24 meses e, ao término, o jovem recebe certificado concedido conjuntamente pelo Sescoop/SP e CIEE.

Para o presidente do Sescoop-SP, Edivaldo Del Grande, esse convênio pode contribuir para amenizar a necessidade de renovação nas cooperativas. “A sociedade brasileira ainda não entende o que é uma cooperativa. É preciso ensinar ao jovem os valores e princípios, os benefícios e a força do cooperativismo, para que ele possa se interessar e dar continuidade a essa estrutura de negócio, cujo foco é a qualidade de vida das pessoas, a distribuição mais justa da renda, o equilíbrio socioeconômico das comunidades”, avalia Del Grande.

Com informações do CIEE

Compartilhe e Socialize:
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Orkut

Tags: ,

Deixe um comentário

4 respostas para “Cooperativismo investe na formação de aprendizes”

  1. maria fernandes disse:

    olá gostaria de saber como faço para escrever meu filho,ele tem 16 anos e minha filha 14 estão cursando o 1 ano colegial e estudam na parte da manha.obrigado.

  2. danila ramos de oliveira disse:

    olá,isto é muito bom.mas gostaria de saber qual a maneira mais facil de engressar como jovem aprendiz pois fiz a inscrisoes de meus filhos e até hoje não forao chamados sei que os cursinhos infrui muito ,mas a distancia os impede poi o transporte aqui na região é muito precaria e o valor é muito alto.obrigada danila ,embu das artes…

  3. Carolina Adriana da Silva disse:

    Tenho 16 anos e estou cursando o 2° ano no endino médio gostaria de saber como me cadastrar.
    Obrigada.

  4. claudia costa disse:

    Boa noite!!
    meu nome é claudia e eu gostaria de saber como faço para cadastrar a minha filha, ela vai fazer anos no mes de outubro e já tem muito interesse no projeto!
    agradeço desde já pela atençao!
    obrigada